domingo, 27 de março de 2011

Esta noite choveu dentro de mim

Moveu a água parada do meu lago

Formando ondas de nem sei o que

Transbordei...

E por minhas mãos escorrem

As formas que hoje vês.

( Chuva Interior, Fedra )

Um comentário:

  1. Não vou escrever que achei lindo porque eu sou suspeito pra escrever isso

    ResponderExcluir